sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O sorriso de um palhaço


Abriram-se as cortinas vermelhas

das lonas azuis estreladas.

– Atenção garotada!…

Grita o mestre de cerimônias.

– O show agora vai começar.



E lá no alto da arquibancada

para o picadeiro a olhar,

estava eu bem sentada

com minha atenção voltada,

para o palhaço a pular.



Em meio a tanta alegria

meu coração disparava.

Meu Deus!… quanto magia

o circo me despertava.

E justo naquele dia,

mais um ano eu completava.



No meio do show, de repente,

parado a minha frente

estava o palhaço “Buzão”,

trazendo no rosto, contente,

um doce e singelo presente

que aflorou minha emoção.



Nada mais bonito existe,

que o sorriso de um palhaço…

Que faz outro rosto sorrir.



Simone Borba Pinheiro


Um comentário:

Simone disse...

Katja Malena querida!
Muito obrigada pela publicação de meu poema: O Sorriso de Um Palhaço, Deus A abençoe abundantemente.
Seu link está em nosso site: http://familiaborbapinheiro.com/simone_pinheiro.htm
Beijos
Simone