sexta-feira, 22 de abril de 2011

Via Sacra



Naquela quinta-feira um dos seus te deu um beijo não um beijo de amor, mas de pura traição entregando-te aos soldados do desamor, aqueles que te prenderam, açoitaram-te. Ao invés de sentir por ti compaixão machucaram-te até fazer a tua carne sangrar o que tu passaste naquela noite só tu o sabes e aqueles que lá junto a ti se encontravam. E naquela sexta-feira fizeram-te carregar uma cruz pela Via Sacra deixando teu corpo transfigurado pela dor. Caia, levantava-se e lá caminhava, o povo simplesmente olhava nada fazia com os olhos amedrontados apenas te viam. Quando chegou ao teu destino já quase desfalecia ainda tinha a pior parte aquela que tu temias. Chegaram os soldados para que te pregassem naquela cruz que pelo caminho carregavas, e quando os cravos começaram a serem fincados a dor quase já não existia, já havia transpassado pelo tamanho do sofrimento que já havia passado. Quando terminaram nem sequer se preocuparam com teus gritos abafados pelo da multidão descarada, assim a cruz com o teu corpo desfalecido foram içados eles não se conformaram que ainda estavas acordado levantaram a lança e teu coração foi perfurado. Ó quanta covardia! Mesmo assim, ainda os perdoaste. Ó Jesus como pode ter sido tão injustiçado esqueceram que ali jazia o corpo do Pai amado e também que sua glória mais forte que a humanidade.

 "Senhor, pela tua paixão, no abandono da cruz, tem piedade de nós, jesus pelo sangue jorrado do teu coração, pelo teu sacrifício misericordia."
Kelly Patricia





3 comentários:

Camila Márcia disse...

Ai que lindo! Que hoje possamos refletir na maior prova de amor de Deus pela humanidade.

A garota do meu espelho disse...

BLOOOOOOOOOOG LINDO DMS

♥ Luciana Mira ♥ disse...

LIndo post flor! Bjinhus